Como funciona o cálculo do IPVA

0
8007

Você pode correr para qualquer lugar com seu carro, mas não conseguira escapar deste pesado imposto que assola o bolso dos brasileiros. Mas você já se perguntou como funciona o cálculo do IPVA? Por que você paga valor X ou Y no seu veículos? A Auto Start explica para você!

Mas então, como funciona o cálculo do IPVA?

O primeiro fator a se levar em consideração é o tipo de veículo e o estado onde esta circulando. Por exemplo, em São Paulo, os veículos a gasolina ou bicombustíveis, possuem 4% do valor venal do veículo. Já no Paraná, possui 3,5%. O valor venal é de acordo com a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômica) com os preços médios dos veículos. Quem define os preços da alíquotas são os estados, então mesmo com a tabela FIPE, os valores podem alterar de 1% a 4%. Pode parecer pouco, mas na prática pesa no bolso do consumidor.

Pense em um carro modelo econômico por exemplo, supondo que tenha seu custo médio estipulado pela tabela FIPE em R$ 30.000,00:

Se a alíquota for de 1%, o IPVA valerá: R$ 300,00

Se a alíquota for de 4%. o IPVA valerá: R$ 1.200,00

A porcentagem é pequena, porém o valor se torna auto. Dependendo do tipo de veículo automotor a alíquota pode inclusive aumentar ou diminuir no cálculo do IPVA (por exemplo: ônibus, caminhões, etc…). Algumas pessoas por exemplo tentam registrar carros em outros estados para tentar burlar o imposto. Os estados do sul geralmente possuem uma alíquota menor, como o Paraná, na qual é de 2%. É vantagem para o paulista então registar seu carro no Paraná. Porém é uma prática ilegal, e possui fiscalização, com um alto risco de ser pego.

Quem faz o recolhimento dos impostos do IPVA é a secretaria de fazendo do estado em questão.

calculo-ipvaInfelizmente é isso que acontece, mesmo com o abusivo preço do IPVA. Charge por João Bosco Azevedo

Outro fator que se deve ter atenção já que varia por estado é em relação aos prazos de pagamento. O pagamento se modifica por estados. Alguns possuem uma determinada data enquanto outros determinam um mês para placas terminadas em determinado número.

Porcentagem (%) das alíquotas por estados:

Estados

Alíquota

Rio Grande do Sul (Sul)

3%

Santa Catarina (Sul)

2%

Paraná (Sul)

3,5%

São Paulo (Sudeste)

3% e 4%

Rio de Janeiro (Sudeste)

4%

Minas Gerais (Sudeste)

4%

Espírito Santo (Sudeste)

2%

Distrito Federal

3%

Bahia (Nordeste)

2,5% e 3,5%

Sergipe (Nordeste)

2%

Alagoas (Nordeste)

2,5%

Pernambuco (Nordeste)

2,5%

Paraíba (Nordeste)

2%

Rio Grande do Norte (Nordeste)

2,5%

Ceará (Nordeste)

2,5%

Piauí (Nordeste)

2,5%

Maranhão (Nordeste)

2,5%

Tocantins (Norte)

2%

Pará (Norte)

2,5%

Amapá (Norte)

3%

Amazonas (Norte)

3%

Roraima (Norte)

3%

Rondônia (Norte)

3%

Acre (Norte)

2%

Mato Grosso

3%

Mato Grosso do Sul

2,5%

Goiás

2,5% e 3,75%

Curiosidades:

Você sabia que o IPVA – Imposto Sobre a Propriedade do Veículo Automotor – surgiu em 1985, substituindo o agora esquecido TRU (Taxa Rodoviária Única) que era em sua época cobrada pela união? Os motoristas mais experientes provavelmente lembram disto!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.