Câmbio CVT – como funciona e quais são suas vantagens

0
202

O câmbio CVT já foi artigo de luxo, no entanto cada vez mais veículos saem da montadora com este tipo de troca de marcha.

Este tipo de câmbio traz diversas vantagens, porém seu proveito não é unânime em relação ao outros tipos de transmissão, como vimos neste artigo.

O que significa câmbio CVT

Câmbio CVT é um acrônimo para Continuosly Variable Transmission, que em português significa Transmissão Continuamente Variável.

O que é e como funciona o câmbio CVT?

Diferente dos outros tipos de transmissão na qual utilizam engrenagens em seu funcionamento, o CVT troca de marcha de maneira progressiva.

Essa troca é possível porque a transmissão continuamente variável não precisa ficar trocando engrenagens, já que ela possui uma cinta de metal que alarga a distância entre as duas polias (uma fixa e outra variável, de tamanhos diferentes), assim alongando progressivamente as marchas.

Uma cinta de metal alarga a distância entre as duas polias, uma fixa e outra variável
Uma cinta de metal alarga a distância entre as duas polias, uma fixa e outra variável

As características e peças entre os câmbios CVTs são praticamente iguais, independente da montadora, no entanto seu gerenciamento durante o uso são diferentes. Em outras palavras, dependendo da montadora, o que muda é se o gerenciamento possibilita maior economia de combustível e/ou trazer mais conforto.

Vantagens do CVT

Confira as principais vantagens de possuir um câmbio CVT:

  • Dentre os câmbios automáticos é o que menos consome combustível (lembrando que também depende de outras variáveis, como a maneira que você dirige e da periodicidade que você faz manutenção em seu veículo)
  • Oferece muito conforto para quem dirige
  • Foi desenvolvido para nunca quebrar. Sua duração é de 300.000km
  • Por ser fácil de construir, tem ganho preferência pelas montadoras
O câmbio CVT não utiliza engrenagens para realizar a troca de marchas, garantindo assim melhor conforto.
O CVT não utiliza engrenagens para realizar a troca de marchas, garantindo assim um melhor conforto.

Desvantagens do CVT

  • É recomendado a troca de óleo do Câmbio CVT a cada 40.000Km, e seu custo fica na faixa de R$700,00
  • Se não trocado o óleo, ele pode ficar contaminado e suas moléculas se acoplarem nos discos de aço. O custo para consertar um CVT, caso isso ocorra, é alto. Em um Nissam por exemplo pode chegar até R$11.000,00
Quando o óleo está contaminado, ele pode danificar os componentes do câmbio CVT.
Quando o óleo está contaminado, ele pode danificar os componentes do câmbio.

Como identificar se o CVT necessita de manutenção

O câmbio não é só uma das peças mais cruciais do veículo como, no caso do CVT, também uma muito cara para se consertar.

No entanto é possível identificar quando o CVT possa estar precisando de uma manutenção e evitar aquela dor de cabeça.

Se o motorista escutar um barulho conforme utiliza o câmbio (como se fosse um bzzz) que vai aumentando gradativamente, está mais do que na hora de dar aquela revisada no câmbio.

O Câmbio CVT traz mais conforto para a troca de marcha em relação às suas contrapartes.
O CVT traz mais conforto para a troca de marcha em relação às suas contrapartes.

Afinal, o câmbio CVT é bom?

Como podemos ver, o câmbio CVT tem muitas vantagens, sendo que a única desvantagem em relação aos outros tipos de câmbio é não ter a um maior arranque de prontidão como grande parte dos câmbios com engrenagens possuem.

No entanto, deve-se tomar cuidado! Se você não cuidar bem do seu veículo, e consequentemente do câmbio CVT, o preço pode ser alto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.