Normas de segurança automobilística tendem a melhorar no Brasil

0
1899

Acidentes por imprudência dos motoristas e por falta de infraestrutura é comum em nosso país, mas existe um outro fator crucial para o grande número de mortes no trânsito no Brasil: a péssima segurança oferecida pelas montadoras de carros em solo nacional.

Há 5 anos atrás, a Latin NCAP prometia ser o órgão da América Latina e Caribe em relação à segurança dos automóveis nos países desta região, incluindo o Brasil. Mesmo nova, a organização já realizou muitas mudanças que trazem benefícios ao consumidor. As exigências da organização foram tão fortes que montadoras se conscientizaram e já vendem a segurança como um diferencial de sua marca ou produto em relação à seus concorrentes.  

Normas de segurança automobilística tendem a melhorar no Brasil

A Latin NCAP não precisou de muito tempo após sua criação para informar que o Brasil estava, no mínimo, 20 anos atrasada em segurança automotiva em relação a outros países. Um verdadeiro vexame por parte das montadoras. O impacto foi grande, e apesar da conscientização estar gerando resultados, ainda tem muito a ser feito. Infelizmente, diferente da Europa, a organização (também independente) não recebe apoio do governo em solo nacional, e nem das montadoras instaladas nas diversas regiões do país. Mesmo assim, o resultado foi positivo e as empresas que não aderem a evolução de segurança em nosso país estão decaindo.

As montadoras também possuem parcela de culpa nos acidente no Brasil. foto: transitar
As montadoras também possuem parcela de culpa nos acidente no Brasil. foto: transitar

Não apenas isso, a organização passará a sugerir aos governos que exijam um selo que especifique a segurança do carro, com estrelas que variam de 1 à 5. Ou seja, o consumidor terá a oportunidade de averiguar a segurança do carro que esta para adquirir. Assim, as normas de segurança automobilística tendem a melhorar em nosso país. Na Europa, até carros comuns possuem Airbags para segurança, realidade diferente do Brasil. 

Esta notícia é ótima para o consumidor e consequentemente para o país, que terá menos custos com acidentes e mortes. Mesmo assim a estrada é longa. Os carros mais vendidos, como o Fiat Palio ou o Gol receberam apenas uma estrela de segurança. Um dos carros que receberam boas notas foi o Corolla (Toyota), apesar de ter recebido nota baixa na segurança para crianças.

A organização reconhece que ainda tem muito a evoluir muito, mas diz estar feliz e se sente eficiente na realização das metas que tem cumprido. Se foi o tempo onde segurança era tratado como um artigo de luxo no Brasil. Agora as montadoras, para seguirem as regras e agradarem a seus clientes, devem aderir as normas de segurança. Ao contrário, só tem a perder.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.