Saiba das desvantagens de comprar um carro usado muito antigo

0
9806

Entendemos que muitos consumidores são atraídos pelos carros antigos usados para economizar um dinheiro no bolso, levando em consideração o valor altíssimo do automóvel no Brasil. Funcionalidade tende se tornar mais importante que estética, mas será que realmente o automóvel se torna funcional?

Aquele carro antigo, usado, que já não funciona daquele jeito, que um dia foi um carrão e, olha só, agora está sendo vendido por um preço baixo… acha que vai comprar e economizar! Só que não.

Carros antigos e usados são, na grande maioria, uma grande dor de cabeça. O dinheiro que você economizou comprando o veículo, ao invés de desaparecer toda a grana de uma vez, vai se esvaindo aos poucos. E depois que acaba, vai mais um tanto. “Ah, chega, vou vender de novo!”… já vamos logo avisando, não vai ser fácil.

É completamente compreensível do porquê o brasileiro fazer isso. Não estamos falando de colecionadores, que são minoria comparado as pessoas que procuram um melhor preço por economia. Mas é aquela coisa: O barato sai caro.

Caso esta seja a única maneira viável no momento de obter um veículo, então veja algumas dicas da Auto Start para não sair lesado nesta compra:

saiba_das_desvantagens_de_comprar_um _carro_antigo_usado

Defeito pequeno pode ser defeito grande: se quando for comprar o veículo usado e o vendedor mencionar algum detalhe que pareça minusculo, vá afundo e pergunte tudo. Pressione o vendedor em relação ao defeito e veja se ele já tem ideia de quanto custa o conserto deste pequeno defeito e até se o problema pode afetar outras partes do carro. E antes de fechar, pesquise. Veja se o preço do conserto ou o se o tão dito defeito pequeno é realmente pequeno. E lembre-se que não vale somente para as partes internas do carro. Porta não fechando direito, faróis não responsivos, enfim, qualquer problema mínimo adquirido no passado pode ser uma dor de cabeça enorme no futuro.

Não é aquilo que você pensa: Não pense no conforto ou na direção hidráulica. Principalmente se você já dirigiu carros novos. Prepare-se para um carro não muito macio e meio barulhento. As vezes até os painéis complicam, sendo difícil localizar informações por possuir ícones diferentes ou em lugares incomuns.

Pesquisar é o mínimo a se fazer: Hoje em dia as vendas na internet são muito mais seguras, e pesquisar realmente compensa. Não apenas usados antigos, como seminovos, que muitas vezes possuem um custo benefício muito melhor. Nada de fechar a compra sabendo que há negócios mais vantajosos para se encontrar.

Seu melhor amigo será o mecânico: Como dito anteriormente, prepare-se para muitas dores de cabeça com a oficina. Um mecânico de confiança é muito importante nessas horas. Prepare-se para visitá-lo muitas vezes. Sem contar quando o veículo necessitar daquelas peças onde a retífica se tornou obsoleta e para adquiri-la se torna uma tarefa difícil e demorada.

Documentação: Assim como os seminovos, cuidado com os problemas jurídicos que possam vir acompanhado com os usados. Multas, documentação atrasada, etc… interrogue o vendedor em tudo!

E o principal amigo, muita paciência!

Não queremos generalizar. Alguns carros antigos e usados possuem cuidados impecáveis por seus antigos donos, que vendem como caráter de necessidade. Mas muitas vezes nos deixamos levar pela necessidade do tempo e do preço baixo, então cuidado ao fechar o negócio! Você pode estar adicionando mais uma despesa enorme de pouca qualidade em sua vida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here